Josephine Langford para a revista MadChen. - Josephine Langford BrasilJosephine Langford Brasil
Por Katharina Holffjann.

MC: Parabéns pelo novo filme, o que podemos esperar de After We Fell?
Josephine: No final do segundo filme, Tessa recebeu uma oferta de emprego na Vance Publishing.


MC: No terceiro filme, teremos algumas respostas às questões angustiantes da segunda parte e ainda mais drama nos aguardam. Há algo que você e Tessa têm em comum?
Josephine: Sim, em muitas pequenas coisas posso definitivamente me identificar com ela na medida em que o sentimento de não pertencimento, como ela experimentou no primeiro filme na faculdade, não é desconhecido. Temos nossas diferenças e nossas semelhanças.

MC: O que você aconselharia a alguém que está namorando um cara como Hardin?
Josephine: A coisa toda é, naturalmente, uma história que não deve ser idealizada.
Se você se deparar com alguém que é como Hardin na quarta parte, ótimo. Mas quando você encontrar alguém como Hardin no primeiro filme, que ainda não viveu todos esses acontecimentos, lembre-se de que não pode ou não tem que querer curar ninguém. O mais importante é se proteger.

MC: Mas você já acha que as pessoas podem mudar?
Josephine: Todo mundo muda. Você nunca será a mesma pessoa aos 12, 21 ou 31 anos. Mas, neste contexto, o objetivo nunca deve ser querer mudar outra pessoa. Todos são responsáveis por trabalhar em si mesmos, e isso é algo que Hardin faz na história.


MC: O que você está fazendo para se manter ocupada durante a crise de Corona e para manter a cabeça fria?
Josephine: Tive muita sorte de poder rodar o filme durante o lockdown em novembro e, felizmente pude trabalhar em outro lugar também. Acabei de rodar um filme chamado “Evolution” com Marcia Gay Harden, Charlie Rowe e Jim Belushi e estou muito grata por ter sido possível continuar trabalhando durante a pandemia ate agora.

MC: O processo de trabalho mudou?
Josephine: Sim, é definitivamente diferente! Para cenas de festa ou café, trabalhamos com menos extras. Você também não tem a oportunidade de se comunicar com as pessoas ou estabelecer uma conexão, porque você sempre usa uma máscara e tem que manter distância.


MC: O que você faria se não fosse atriz?
Josephine: Provavelmente seria uma psicóloga cientifica ou editora de cinema.


MC: Você já se envolveu em uma discussão na mídia social?
Josephine: Não, eu sempre tenho muito cuidado para não dizer nada de negativo na internet porque não vejo sentido por trás disso. Não sou uma fã. O bullying e os argumentos das redes sociais podem rapidamente levar a essa direção.

MC: Você tem modelos de comportamento ou há alguém para quem gostaria de trabalhar?
Josephine: Quem eu realmente respeito é Toni Collette, que tomou algumas decisões muito corajosas. Também tenho muitos amigos que são atores que me inspiram, mas não no sentido de que eu deva imitar alguém.

MC: Qual foi sua experiência mais embaraçosa no set ou durante as filmagens?
Josephine: Filmamos uma cena e estava bem frio com temperaturas abaixo de zero.
Eu estava usando um vestido fino de verão e estava com um resfriado total.
Meu nariz escorria o tempo todo e não havia lenços de papel, então limpei todo o meu catarro no braço de Hero. Mas ele me ofereceu, o que foi muito gentil da parte dele!

MC: O que você mais sente falta, quando você não está em sua Austrália natal?
J: Eu sinto falta dos meus amigos!


MC: Existe alguma coisa que você não pode ou não quer prescindir?
Josephine: Amo o mar e o ar da praia, mas meu coração não está apegado a objetos.

MC: Como você escolhe seus papéis?
Josephine: Basicamente, é um processo de eliminação porque há muitas coisas que não quero fazer. Um projeto tem que apelar para mim e eu tenho que sentir que posso aprender com meu personagem. Quando eu leio um roteiro e penso que sou eu, geralmente é um bom sinal.

MC: Você teve um papel pequeno, mas essencial no filme da Netflix, Moxie!, o que você aconselharia as meninas que estão em uma situação semelhante?
Josephine: Eu diria que, se você é vitima de violência sexual, não existe um caminho certo. As circunstâncias variam e você deve fazer o que é bom para você, mas é importante saber que existem pontos de contato onde você pode encontrar ajuda, caso não obtenha o suporte de que precisa em seu ambiente imediato.

MC: Qual foi o melhor conselho que alguém lhe deu?
Josephine: Tudo passa!

MC: Obrigado por ceder o seu tempo!

Matéria: MadChen| Tradução: After Daily Brasil

Josephine Langford nasceu no dia 18 de agosto de 1997 em Perth, Australia, filha dos médicos Elizabeth e Stephen Langford e irmã mais nova de Katherine Langford. Desde cedo, Josephine já sonhava em ser atriz e em 2013 iniciou sua carreira e desde então nunca parou.

Leia mais
Siga a Josephine em seu instagram oficial!
josephinelangford
in
Gigi & Nate
PERSONAGEM: Katy Gibson
DATA DE LANÇAMENTO: NA
Sinopse
Inspirado por uma história real, um jovem com um futuro brilhante sofre um acidente quase fatal e recria sua nova vida com a ajuda de um amigo animal improvável.
Veja as
Fotos
After: Depois do Desencontro
PERSONAGEM: TESSSA YOUNG
DATA DE LANÇAMENTO: 2021
Sinopse
Enquanto Tessa toma uma decisão que muda sua vida, revelações sobre sua família e o passado de Hardin ameaçam atrapalhar seus planos e acabar com o intenso relacionamento do casal.
Assista ao
Teaser
Veja as
Fotos
Moxie
PERSONAGEM: Emma
DATA DE LANÇAMENTO: 2021
Sinopse
Baseado no livro com o mesmo título de Jennifer Mathieu e adaptado por Tamara Chestna, Moxie conta a história de uma garota (Robinson) de uma pequena cidade que é inspirada no passado de sua mãe, Riot Girl, e inicia uma revolução feminista em sua escola.
Assista ao
Trailer
Veja as
Fotos
Status do site

Nome: Josephine Langford Brasil
URL: josephinelangford.com.br
Desde: 19 de Março de 2019
Contato: jlbrequipe@gmail.com
Design: Nana Design
Codificação: Uni Design
Online:
Número de visitas:

JLBR no Instagram
josephinelangfordbr
Parceiros

0 Compart.
Twittar
Compartilhar